Minha orientação

| Nenhum comentário · Comentar

Eu nunca soube que um ambiente colegial me faria tanta falta. Apesar de ser até bem óbvio isso, uma vez que eu frequentei ambientes assim por 16 anos da minha vida, ininterruptamente, eu estou um pouco incomodado.

Comecei a cursar Bacharelado em Sistemas de Informação, mas não curti muito o curso. Eu até me empolgaria mais em relação a média salarial ganha por um profissional dessa área, mas não estou tão disposto. Não é algo que me anima muito mexer com códigos, por mais que seja agradável. Vejo isso como um entretenimento, e não como profissão.

Aliás, ultimamete sinto bastante falta de dinheiro, não que eu esteja passando necessidades, mas o ultimo estágio que arranjei me tornou mais capitalista. Depois que eu saí do emprego, pedir dinheiro aos meus pais me constrange.

No último post, deu pra perceber que eu tenho um ramo mais nítido: artes. Gosto bastante de mostrar às pessoas as coisas que eu faço, e tenho facilidade para escrever. Mas não quero tornar outro entretenimento como um trabalho.

Meu objetivo atualmente é arranjar um emprego. Já pensei em fazer bastante coisa, mas nada empolgante.

Apesar da minha vida estar um pouco desorientada, eu tenho certeza que eu amo minha namorada, e estou disposto a passar muito mais tempo com ela.

Se alguem leu isso com o objetivo de achar algo relacionado a minha sexualidade, peço que reveja seus conceitos de poluição mental. hsaiushoiau

markinhos.com