Amizades

| Nenhum comentário · Comentar
Percebi ontem o quão frágil se tem o significado dessa palavra. À uns quatro, cinco anos atrás, achava que isso nunca se perdia. Confiava muito em certas pessoas, depositava bastante sentimentos. Hoje percebo que amizades são frágeis. Percebo que, assim como relacionamentos amorosos, estão propícios ao fracasso, à machucar.

Percebo hoje, o quão dependente tenho que ser dAquele que me ama incondicionalmente. Afinal, Ele não é homem mas me entende, porque se fez homem um dia. Sei que Ele sabe e conhece tudo o que o meu coração está sentindo, e compreende o receio atual que tenho ao me relacionar, e isso se expandiu até para o campo de amizades.

Nunca retive mágoa de ninguém, e as poucas que me magoaram, passou em questão de algum tempo.
Sempre, em tudo que fiz, me dei ao máximo. Sempre me doei, me entreguei.

Quebrei a cara.

A única coisa que sei que não vou quebrar a cara, é na total entrega para Deus, para a sua obra. Essa, por sua vez, cresce a cada dia mais como principal objetivo da minha vida. Quero depositar toda a minha fé nesse objetivo, pois sei que dessa maneira conhecerei verdadeiros amigos e a minha futura.

Tenho que o buscar incessantemente, todos os dias, para que eu não me perca nesse mundo. E eu sei que é muito fácil acontecer isso.
markinhos.com