Bastou

| Nenhum comentário · Comentar
(publicado pela primeira vez em 17.08.2008)
E de repente você sumiu
Levou todo o teu encanto
Tirou de mim os teus abraços
Desviou teus olhares dos meus

E de repente você se foi
Se fez esquecer de tudo o que aconteceu
Tudo que era tão secreto, tão público, tão mágico
E que também como em uma mágica, desapareceu

E de repente você se foi
Coisas que não foram ditas não mais serão
Planinhos bobos viraram ilusão
Foi o melhor sonho que eu vivi

Você foi como uma brincadeirinha
Daquelas inesquecíveis e perfeitas,
Daquelas que viram depoimento
E que deixava tudo tão simples, tão sincero

E nada precisava ser dito,
Pois nossas mentes sabiam
Nossos olhos se entregavam
E nossos corações sentiam....

E isso já bastava, e isso bastou.


markinhos.com