Criancando

| Um comentário · Comentar
(publicado pela primeira vez em 19.09.2008)
Estou apenas com saudades
Saudades do que não me lembro
Saudades do que vivi, mas não sei
Saudades de ser criança.

Estou apenas com saudades
De ter um único objetivo em tudo o que eu fazia
Não me lembro dos meios, nem de como fazia
Mas me lembro que conseguia, me lembro que sorria

Quero continuar tendo esse objetivo
Mas não estou conseguindo
Tenho que pensar, tenho que adultecer
Tenho que me estressar, tenho que morrer

Quero continuar só poder sorrir
Mas não posso, pois tenho que me educar, tenho que pensar
Tenho qe fazer coisas que não levam a lugar algum
Que não levam ninguém a sorrir

Tenho que fazer de um jeito errado para causar o certo
Para ainda dar esperanças, para ainda pensarem que eu sou uma criança
Para ainda acharem que eu não me estresso, e o que eu fiz foi fácil.
Para dizerem obrigado e resgatarem o "ainda tem gente boa no mundo"

Quando na verdade eu choro, quando na verdade eu me irrito
Quando na verdade eu não sorrio, quando na verdade o seu muito obrigado só me serve para continuar
Continuar a te ajudar, continuar a te dar esperanças
Continuar a fazer recrescer o seu criança

Mas eu ainda tenho saudades
Tenho saudades de ser o que eu faço recrescer em você
Tenho saudades de criançar, de me alegrar, de sorrir
Tenho saudades de viver

Estou me doando pra você ainda acreditar
Estou escrevendo para você perceber
Estou lutando pra você criançar, pra você viver
Estou com saudades de ser você

markinhos.com