Solo

| Nenhum comentário · Comentar
Sempre fico algum tempo pensando em como será o título de cada post que publico aqui nesse blog. E antes de fazer qualquer explicação a respeito do título desse, quero (necessito) relembrar algumas coisas que marcaram a minha vida ministerial, e hoje fazem parte de um passado.

Se você não tem tempo para ler, pule essa parte em itálico.

Comecei a louvar em 2009/2010Pequenas coisas ). Mas era algo bem técnico. Eu suava para poder cantar afinado, ensaiava um monte para não cantar desafinado. Tentava desesperadamente aprender as técnicas que Leonardo Gonçalves fazia na voz.
Em setembro de 2010, no finalzinho desse mês, houve o Congresso da UMADCOL, e lá as coisas mudaram para mim. Brotou no meu coração o desejo de adorá-lo, aprender a fazer isso e fazer da melhor maneira. Não para agradar a mim mesmo ou a quem me ouvisse, mas para agradar ao Senhor. Estava começando a pensar dessa maneira. Deus estava me moldando. 
Logo em seguida ao congresso, mais ou menos em outubro de 2010 eu comecei a adorar ao Senhor, e também gravei e postei o primeiro e o segundo vídeo que fariam posteriormente parte do início do Projeto Volta. Esse projeto definitivamente marcou na minha vida algo novo da parte de Deus. ( Nova fase ). 
Foi nesse Projeto que eu, o Eduardo e a Sueyla começamos a louvar ao Senhor a três. Isso se deu por volta de novembro de 2010. De início estávamos louvando à Deus somente na igreja do Jd. Maracanã, no Projeto Enchendo a Arca, a convite do Abiezer. Mas depois de algum tempo começamos a louvar também em outras igrejas, a convite, e então conheci algo chamado ministério. ( Trio ).
Em maio de 2011 já não havia mais um Trio ( Dueto ), mas eu e a Sueyla continuamos a buscar mais do Senhor e não desistimos do ministério. Deus fez grandes coisas em nossas vidas. Realizou os desejos dos nossos corações, nos usou diversas vezes de maneiras tremendas.

Por conta de alguns focos diferentes, eu e a Sueyla não estamos mais cantando juntos.

Isso aconteceu a algumas semanas atrás, mais especificamente na primeira semana desse mês. Confesso pra vocês que o cenário que eu tinha em mente para o meu ministério de adoração seria somente na minha igreja. Mas os planos de Deus, ah os planos dEle...

Estou vivendo novamente algo novo na minha vida. Nunca fui chamado para cantar em outras igrejas assim, sozinho, mas o Senhor está permitindo que essa benção chegue na minha vida.

Tenho algumas poesias cristãs que sempre desejaram ser musicadas. A partir disso tentei aprender a tocar violão, mas se você só sabe meia dúzia de acordes, a maioria sem pestana, fica um pouco difícil. Daí Deus coloca no meu caminho algumas bençãos que me convidam para ser o vocalista de uma banda abençoada aqui em Colombo que abriram espaço para musicarem as minhas poesias.

Tenho chamado para pregar também a palavra, mas sempre deixei nas mãos de Deus. Adivinhou? Pois é, Deus deu a minha primeira oportunidade para pregar no próximo domingo pela tarde aqui em uma igreja.

Sempre quis ministrar algum louvor, fazer isso com acompanhamento de uma orquestra ou uma banda, falar coisas vindas do Senhor no meio do hino enquanto continuam tocando os principais acordes. Daí Deus me dá a honra de ser convidado para fazer isso todo o quarto sábado em uma igreja aqui perto.

Isso tudo em MENOS de uma semana. E tudo isso veio como o resultado das orações que estou fazendo de madrugada, depois que Ele despertou esse desejo através do servo dele, o Nerildo Santos.

Só para constar, nas orações eu sempre peço visão espiritual. Sempre. Já sabem né? ( https://www.facebook.com/emarcoscorrea/posts/312640282082074 )

Ah Deus, como eu te amo! =)

Te adorarei, mesmo se não tiver mais a minha voz.
markinhos.com