Sorria, e então ame

| 2 comentários · Comentar
(publicado pela primeira vez em 21.12.2008)
E eu penso em você
E eu penso em mim
E eu penso em nós
E penso...

Imagino você quando criança
Tento ver você brincando
Tento ver você sorrindo, e sorrindo
Tento ver você chorando

Imagino você dormindo
Tão pequenininha e lindinha
Imagino você com o dedo na boca
Imagino você acordando

Imagino você chamando pela sua mãe
Falando que terminou, pedindo pra limpar
Com pijama, com roupa nova
Com sorriso, e sorriso no rosto

E hoje você cresceu
E talvez toda essa beleza você perdeu
E talvez todo esse encanto desapareceu
Mas seu físico só cresceu

Seus olhos são o mesmo
A sua mão, a mesma
o seu sorriso, o mesmo
Mas você não é a mesma

Talvez hoje você só dê risadas, e não sorrisos
Talvez hoje você só sofra
Talvez hoje você só chore
Talvez hoje você só pense

E esquece de perceber
Que sua vida não se baseia no futuro
Mas que é fruto do passado
E dádiva do presente

E quando você começa a pensar no agora
Você sabe que quer ser feliz
Mas isso só é possível quando se é criança
Quando reaprende a sorrir

Talvez você fique feliz, mas não seja
Pelo fato de só dar risadas
O seu unico amor, o amor-próprio, não é amor
Pois quem ama é criança, e sorri

Mas perceba a vida, encontre-se no mundo
Lembre do teu passado, viva o seu presente
Dane-se o futuro, apenas sorria
A sua vida está nas suas mãos

E o seu corpo necessita do coração
E o seu coração, necessita do amor
E o amor, necessita da criança
E a criança, sem motivos, sorri.
Sorria...
markinhos.com