tempo

| Nenhum comentário · Comentar
Chega um tempo que você cresce. Chega um tempo que você consegue ver que a vida é um pouquinho mais difícil do que você imaginava ou se sequer você imaginou. Chega um tempo que muitas perguntas e algumas incertezas em relação à outras perguntas começam a aparecer. Chega um tempo que o teu foco deixa de ser anual e começa a ser mensal, semanal, diário. Chega um tempo que você busca não por canções legais, mas que tenham conteúdo, e esse referencial começa também a margear os relacionamentos que você procura. Chega um tempo que você olha para trás e diz que "no seu tempo as coisas não eram muito assim". Chega um tempo que você não vê mais suas brincadeiras onde você sempre brincou, não vê crianças brincando do jeito que você brincava. Chega um tempo que você tem que fazer sozinho muitas coisas. Chega um tempo que o que era extraordinário para você a alguns anos atrás, como andar de carro ou ser maior de idade, não são mais tão surpreendentes assim. Chega um tempo que você cresce, e percebe que o crescimento de uma pessoa não se encontra onde os olhos podem ver. E pode chegar um tempo que você descobre que lá, onde os olhos não podem ver, existe Um que também precisa ser descoberto e conhecido por você. Minha tarefa é somente ajudar você a encontrá-lO, pois eu já sei um pouco sobre quem Ele é. :)
markinhos.com