compreensível

| Nenhum comentário · Comentar
Albert Einstein uma vez disso "A coisa mais incompreensível do mundo é que ele pode ser compreendido" Certamente ele disse isso depois de verificar que suas teorias e fórmulas poderiam ser aplicadas na criação. Certamente ele teve esse pensamento ao observar que suposições humanas lógicas faziam sentido, e que o homem podia até brincar de criar a partir de algo já criado. Creio que ele esteve bem próximo de descobrir ainda mais um pouco do que costumo dizer ser o que Deus escrevia enquanto criava tudo.

Todas essas fórmulas científicas são uma espécie de manual para a criação. Mas devemos ter muito cuidado quando vamos fuçar aquilo que talvez não deve ser fuçado.

A boa intenção de Einstein só pavimentou a estrada que rumou o genocídeo de judeus durante a Segunda Guerra. Outras tantas boas intenções trouxeram doenças incuráveis ou de difícil cura e tratamento. Ainda outras instigaram o que é mais podre do ser humano: o ódio, alimentando isso com armas, cada vez mais letais e com maior poder de destruição.

Ingenuidade que é devorada e manipulada pela perversidade e maldade do coração dos homens, que se escondem atrás de discursos comoventes mas só promovem mortes, tristezas e sentimentos de vingança. Um ciclo vicioso, orquestrado por quem adora matar e destruir.

Reflitam sobre isso.
"O ladrão vem apenas para furtar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente." - João 10.10

(E pensar que tudo isso, todos os resultados de tudo o que aconteceu e continuam a acontecer desde que os homens acharam-se donos de si mesmos e independentes de Deus decidindo viver em apostasia, tudo está descrito em apocalipse. Cabe então à mim e à você, cristão, apresentar o único que tem o amor pleno. O único que tem a vida eterna, que transforma caráter de pessoas e mostra a verdade e como elas são, de fato, compreensíveis).
markinhos.com