incontido

| Nenhum comentário · Comentar
Como nós precisamos de muito, mas muito mesmo, muito menos de nós mesmos. Precisamos pedir ao Senhor para nos ajudar a esvaziar, tendo em nós o mesmo sentimento que houve naquele que mais se renunciou. Que saia tudo, que deixe o corpo imundo, puro.. E que tudo saia ao som de uma adoração, e que a imagem acompanhe o cheiro suave de uma adoração. E somente vazios poderemos nos curvar em adoração, somente vazios podemos chorar sem qualquer retaliação. Pois vazios encontraremos a essência, e na essência, pureza, e na pureza veremos ao Senhor. E vendo-O não hesitaremos em adorar e dizer: Santo, Santo, Santo, Deus Poderoso!

O véu se rasgou, mas eu somente vejo uma fresta de luz, e somente percebo um pouco da claridade do Santo dos Santos. Me atraia, Senhor, me atraia e me leve onde o Senhor está. Me leva junto com a fonte de toda essa luz, me leva. Leva o meu ser junto com o teu Rio que dá vida. Eu não tenho nenhuma palavra que te possa agradar, que faça com que o Senhor me olhe diferente ou simplesmente me ame mais. Porque eu creio que a intensidade do teu amor é maior do que eu teria coragem de supor ou medir. Diante disso, tudo o que eu tenho é simplesmente um coração ferido, um clamor amargurado, um choro incontido revelando meus fracassos. Tudo o que eu tenho é um corpo mortal e impuro, carente por tua misericórdia e graça.
markinhos.com