humanizar

| Nenhum comentário · Comentar
E o meu cordão umbilical sujo e putrefico é rompido quando em mim corre o teu sangue. A chave que abre, fecha e faz rastejar no pó as algemas que por toda a minha velha vida carreguei, como luxo e sofisma de liberdade, é a mesma chave que abre como leque antigo todos os sentimentos e desejos e anseios de voltar ao início de todas as coisas. Só nEle há liberdade.


markinhos.com