da capo

| Nenhum comentário · Comentar
Em notas desfez a harmonia
Em figuras margeou o ritmo
Em lacunas descansou o íntimo
Em pausas resolveu a melodia

Mas um ponto de vista
Não é a vista do ponto
Nem adianta preencher o conto
Nem reger com euforia

Pois a música que se quer ouvir
É composição que não se cria
É um timbre que só se copia.
Daquele que desceu pra servir, ser e vir

Mesmo sendo maestro de tudo
Não teve por usurpação emitir som
Mas ouviu, e em silêncio não hesitou
Escrevendo a música que mudou o mundo

da capo
markinhos.com