acordei

| Nenhum comentário · Comentar
Hoje eu acordei com vontade de comprar um café, uma paçoquinha e um pirulito e levar pra primeira aula do dia (que nunca chegava no horário) e ainda de chinelo sentar na segunda carteira da fileira do canto, seja no Europa ou no América (mas dependendo da aula seria no fundo mesmo). Hoje eu acordei com vontade de correr no intervalo e enfrentar a fila do salgado, sempre reclamando do preço absurdo mas nunca deixando de comprar e comer no Serginho aqueles salgados que conseguiram todos me enjoar. Acordei com vontade de já separar a ficha do dia pra almoçar nos dois irmãos, ou talvez até na tia, mas nunca no shopinho e nem cogitaria pau-terra. Acordei com vontade de sair pra ir na padoca, conversar e cantar atirei o pau no gato com vozes divididas. Acordei com vontade de ao menos uma vez participar do hola de luzes e esticar a mão no canto do quarto pra conseguir baixar o áudio da rádio. Talvez até estaria disposto a fazer mais uma manutenção, uma intercessão cansativa, mas nada de água ou óleo, por favor. Acordei pensando em vaccais, em semicolcheias pontuadas, em minemaneminemanemi, o-issio-issio-issio-issi. Acordei disposto a gritar boa noite as 22:30 mas na verdade nem dormir de imediato. Acordei com vontade de passar uma camiseta no colchão, só pra relembrar como faz. Hoje eu acordei querendo conversar em mais um discipulado em grupo, pra saber como vocês estão.

Mas juro que me esforcei para não ficar como um caramujo em saudosismo pelo que passei ou pelo que de imediato quis quando acordei, e me enchi de gratidão por todas essas coisas que passei e que não farei mais. Me enchi de gratidão por tudo, por tudo mesmo! É melhor ter recordações tão boas como essas e lembrar de pessoas tão tops como vocês, pois isso me motiva, e muito, a continuar acordando e querendo viver hoje outras situações que despertem, ao acordar amanhã, mais um "querer viver". ^^
markinhos.com